MenuX

Núcleo Espirita "O Semeador"

O MESTRE E O DISCÍPULO

 

Basta ao discípulo ser como o seu mestre e ao servo, como seu senhor. Evangelho de Mateus. Jesus é o nosso modelo no trabalho de divulgação da boa nova, tarefa que nos compete como aprendizes de seu Evangelho.

Por essa razão, tudo que pregarmos com palavras, devemos exemplificar com ações e atitudes!

Devemos ser calmos, pacíficos, mansos e tolerantes. Não violentemos a consciência de ninguém. Não nos percamos no emaranhado das discussões inúteis. Se nos foi concedido plantar algumas sementes, tenhamos em mente que cabe ao Pai fazê-las germinar.

Perdoemos de coração todos os que nos perseguirem e zombarem da fé que professamos. Lembremos que Jesus também sofreu perseguições e zombarias. E se assim trataram o Senhor, por que tratariam melhor os seus seguidores?

O Espiritismo ensina a lei da reencarnação e a imortalidade da alma. Prega que não existem tormentos eternos, demonstra o progresso ininterrupto do espírito, estabelece a comunicação entre encarnados e desencarnados. Em suma, explica racionalmente os preceitos de Jesus.

Apesar de encerrar tanta beleza e simplicidade, ainda encontra céticos, perseguidores e detratores. Não tenhamos medo deles. A lei da desencarnação os levará a comprovar no mundo espiritual a verdade dos ensinamentos que repudiaram quando encarnados. 

Assim, em toda parte, professemos sempre pela palavra serena, sobretudo pela vivência edificante, as lições que recebemos de Jesus e que a doutrina espírita veio resgatar e esclarecer.

Fonte: Eliseu Rigonatti. O Evangelho dos humildes, Capítulo X.

 

Acesse

#Compartilhe